É um movimento cultural artístico que se iniciou na década de 70 em Nova Iorque no meio das comunidades jamaicanas, latinas e afro-americanas. Foi criada e apadrinhada pelo Disco Jockey Afrika Bambaataa que estabeleceu os quatro pilares desta cultura:
·     Rap (Rythm-and- Poetry) – Baseia-se na verbalização de cantos ritmados
e/ou falados com acompanhamentos rítmicos fortes.
·     Djing – Consiste na mistura de sons nos pratos de discos através da
isolação de “Breaks”.
·     Breakdance – Dança dinâmica em que cada pessoa parece não ter
esqueleto.
·     Escrita de grafite – Expressão visual da música rap.
Baseia-se na criação de batidas rítmicas acompanhadas pelo rap e pelas formas diferentes de dança improvisada (Freestyle), como o breakdance. Surgem entretanto novas formas de pintura a que se deu o nome de grafitti. Como movimento cultural, o hip-hop tem servido como ferramenta de integração social e mesmo de ressocialização de jovens das periferias no sentido de romper com essa realidade.
O ESTILO PESSOAL é de grande importância no desempenho porque às características próprias de cada performancer acrescentam as possibilidades de inovação e de criação de novos estilos. A Moda segue as tendências dos países originários, em que as roupas são vistosas, longas e largas para que os movimentos fiquem maiores, dando mais efeito visual à dança.

Professores Oeiras

Professores Estoril

É ISTO MESMO!

Faça a sua pré-inscrição,
enviando-nos este formulário preenchido e em breve entraremos em contacto consigo.


Contacte-nos

Quer saber mais informações? Por favor contacte-nos!